Ruth Ristow


Sinopse

Mia Black perdeu tudo que tinha, agora morando na rua ela faz de tudo para sobreviver, seus sonhos foram despedaçados, sua vida foi se desmoronando até que nada lhe sobrasse, apenas a dignidade. Ela sabe quais são os seus limites e até onde pode ir para viver. Perdida em um mundo onde só sobrevive quem for mais forte, Mia aprende que a confiança é a única coisa que pode ter e que quando você realmente confia em alguém, esse alguém pode ser seu porto seguro. Mas o que é preciso passar para poder confiar?

Connor Willians é um homem frio que não mede esforços para conseguir o que quer e também não tem pena de nada, nem de ninguém, e para ele é: se você quer algo corra atrás, senão morra de fome, até que tudo o que ele acreditava se perder em uma simples e bela moradora de rua.

Resenha


A vida é como uma montanha russa, e o destino sempre prega peças na gente, um dia temos tudo, e no outro não temos nada. Esta é a vida de Mia, uma garota qualquer, que morava em uma casa com seus pais, fazia faculdade e estava feliz, mas às vezes a felicidade dura pouco e em um piscar de olhos, Mia ganhou uma rasteira da vida e ficou sem nada, sem nada mesmo e agora, era apenas uma das muitas pessoas que ficam na rua, procurando pelo amanhã, lutando para viver mais um dia e sem certeza de nada. Mal sabia ela, que a montanha russa da vida preparava uma subida em grande estilo – ou nem tanto assim – Mia conhece Connor, um cara com uma bela aparência, porém uma personalidade forte, compulsivo, frio e calculista, que faz de tudo para não ser o cara que era há cinco anos atrás, tanto Mia, como Connor, não faziam ideia de como suas vidas iam virar do avesso, a garota que não tinha nada, agora tinha uma casa, um emprego e poderia se reerguer, e ele, um cara que não se permitia amar, se prendendo a fantasmas do passado, poderia finalmente deixar seu coração livre novamente, quando se conheceram, mal sabiam que seriam sua salvação.

Lysa meu bem, o que foi esse livro? Cada palavra escrita nele me fez ter um ataque cardíaco, não sei nem como estou escrevendo isso agora. E o melhor, toda essa historia me deixou com gostinho de quero mais, a narração é boa, muitas das vezes eu me confundi com a troca de personagens, mas quem nunca não é? Algumas pequenas críticas, romantizar abuso e agressão, eu acho errado, porém todas as vezes a protagonista demonstrou que não ficaria calada, como qualquer mulher faria não é mesmo? A construção psicológica dos personagens ficou um pouco confusa, muitas vezes eu lia a visão de um, mas parecia outro, fora o caso da Olivia de ser uma psicopata maluca, o livro em si é fantástico e eu leria novamente, passaria por toda a dor e a risada, por cada momento em que eu quis matar alguém, foi um livro que por Deus, se eu não tivesse me obrigado a parar, terminaria em um dia, no máximo dois, mas terminei em três ou quatro, não me lembro. Enfim, a narração, por mais que esteja realmente boa, faltou um pouco de detalhes, acho que daria uma ideia melhor de como tudo era, não só as coisas físicas mas o sentimentalismo também.


Resenhista: Kaah
Nota: 5/5
Autora: Lysa Moura (clique no nome da autora para comprar o ebook)
Número de Páginas: 420
Editora: Sonho de Livro (clique para saber mais)


Deixe um comentário