E apresentando a vocês o mais novo quadro daqui do blog! Nele teremos buscas, ideias, e iremos atrás do mistério em cada pedacinho literário de sua vida. Bem vindos e conheçam a primeira postagem de nosso Sherlock: A biblioterapia.

É certo que a leitura pode ser utilizada como passatempo ou atividade prazerosa, mas o hábito de abrir um livro, seja ele ficcional ou não, pode ser usado como tratamento para vários distúrbios psicológicos. 

A biblioterapia vem evoluindo gradativamente desde 1916, mas possui um histórico bem mais extenso que isso. Na idade antiga, de acordo com Diodorus Siculus, historiador grego, em sua obra Biblioteca historica, há uma ilustre frase na câmara real do rei Ramsés II, egípcio: "ψγxhσ Iatpeion", traduzida livremente para "A casa da cura para a alma". Hoje, a técnica é utilizada para tratar pacientes com TOC (Transtorno Obsessivo Compulsivo), depressão, insônia e uma série de outros distúrbios psicológicos. A explicação para tal tratamento está em um fenômeno vindo dos teatros e anfiteatros gregos: A catarse, que seria a evacuação do estresse e das tensões por meio de um trauma, ou seja, a purificação da alma do indivíduo, no caso, por meio das tragédias gregas. 
Quando o paciente lê uma obra ficcional, por meio das desventuras e escolhas das personagens, há uma identificação entre o paciente e a personagem, de forma que ele possa liberar tensão emocional e apresentar mudança de comportamento, assim, é mais fácil haver uma conversa com o terapeuta se ambos debaterem sobre o enredo e decisões das protagonistas. Aplicando isso para o contexto atual, ler torna-se uma boa alternativa para aliviar o estresse de um longo dia de trabalho ou de algum problema familiar. Além do mais, ao adquirir o hábito da leitura, você estará desenvolvendo diversas habilidades, como dicção, vocabulário, conhecimento de mundo e a criatividade. Em crianças, o incentivo da leitura ajuda, além do que já foi citado acima, no desenvolvimento do cérebro. Trocando em miúdos, leitura para você, para a vovó, para o sobrinho, para o neto, para os filhos, para todos! Além de estar fazendo bem à saúde mental, terá mais uma boa história em seu acervo.

Então, gostaram? 
Todo mês terá esse quadro. Tem sugestões? Curiosidades a serem tiradas? Vamos responder as perguntas aqui no mês que vem!
Comentem suas perguntas nos comentários abaixo ou nos envie um email caso queira deixar em anonimo, para palavrasimaginariass2@gmail.com


3 Comentários

  1. Olá, nossa eu não sabia disso muito interessante principalmente a parte que falar sobre as pessoas com problemas psicológicos. Eu fiz estágio em uma clínica psicologia e lá tinha livros, mas não sabia que era bom fico contente por saber disso. Amei esse post estou curiosa para saber mais coisas que eu não sei

    ResponderExcluir
  2. Amei o post, super legal esse quadro. Descobrir novidades é sempre bom. Beijos, Cah.

    ResponderExcluir
  3. Eu não tinha conhecimento dessas infirmações. Adorei o novo quadro do blog. É tão mais rico quando começamos a produzir um conteúdo mais interessante para os leitores. Adorei aprender sobre Biblioterapia. Parabéns.

    ResponderExcluir